Vantagens dos servidores on-premise


Servidores on premise

Uma das maiores novidades que a tecnologia da informação trouxe nas últimas décadas é a infraestrutura das redes. Nos primórdios, a única maneira de trabalhar com uma grande quantidade de dados era usando um conjunto físico com servidores e equipamentos locais.


Mas conforme o tempo foi avançando, foram acontecendo mudanças importantes. Atualmente, as empresas já podem contar com certas ferramentas na nuvem. Máquinas convencionais, servidores virtualizados, sistemas operacionais, aplicativos e mais algumas ferramentas estão disponíveis como serviços on-line.


Mas um fato que não se pode ignorar é que muitas empresas ainda tiram proveito do método on premise. Esse nome designa a presença física de servidores e toda a disposição necessária da forma tradicional: em um data center no local de trabalho.

Existem características diferentes e vantagens dessa técnica em relação ao cloud computing. É o que você vai conferir a partir de agora.


Características do on-premise


A mais óbvia é que o on-premise exige a figura de servidores e seus aparatos. Eles precisam de um local especial com refrigeração, nobreaks para evitar danos em caso de picos de energia e pessoal especializado para realizar as manutenções que são indispensáveis.


Também é preciso considerar a questão dos investimentos. O uso dos sistemas físicos normalmente traz um custo com hardware, sistemas operacionais e outras licenças. Mas depois disso são necessárias apenas as manutenções, não demandando despesas recorrentes, como é quando se opta pelo cloud.


Os servidores on-premise garantem uma alta disponibilidade dos dados, já que estão próximos. Basta apenas o bom funcionamento da rede, que a própria equipe de TI pode providenciar.


A segurança das informações também é um ponto positivo quando se tem os servidores presentes. Os backups ficam protegidos e prontos para consulta a qualquer momento, independentemente de conexão à internet. Assim, o sequestro de dados fica mais difícil.


Leia também: Como escolher um servidor para sua pequena empresa.


Vantagens dos servidores físicos


Os benefícios do on-premise são vários. Veja:


Responsabilidade


Enquanto seus servidores estiverem com você, dentro da sua empresa, eles estão na sua responsabilidade. Isso é positivo porque, quando você opta por servidores em cloud, seus dados vão para a internet, mesmo que em servidores virtuais. Se por algum motivo houver indisponibilidade de conexão, você não tem acesso a eles.


Customização


Boa parte dos softwares e sistemas operacionais, como a família Windows Server, têm opções de personalização, já que foram efetivamente comprados. Além deles, o hardware também pode ser modificado de acordo com a necessidade da empresa a qualquer momento, adicionando espaço em disco e memória RAM, por exemplo.


Produto em vez de serviço


Quem opta pelo método on-premise adquire um produto. Investindo, o servidor é seu e você o utiliza como achar melhor. O cloud exige que você pague por um serviço, contratando um provedor e pagando mensalmente, criando uma despesa recorrente.


As opções tradicionais para processamento de dados trazem ainda outros benefícios. Porém, tentar implantar servidores às cegas não é recomendável. Você pode acabar investindo em algo que não entrega o que sua organização precisa. Para não correr este risco, conte com nossa consultoria de TI para te ajudar. Fale com um de nossos consultores.

65 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo