Conheça os tipos de cabos para redes de dados empresariais


Tipos de cabos para rede corporativa

Navegar pela internet, fazer uploads/downloads e transmitir grandes volumes de dados com velocidade e estabilidade é uma necessidade para o usuário comum e para empresas de todos os portes, por isso é importante saber qual tipo de cabo está sendo ou será usado no seu ambiente de rede. Por esse motivo desenvolvemos esse texto para ampliar o seu conhecimento nesse insumo importantíssimo em redes corporativas.


1 - Cabo Coaxial


Um cabo coaxial é um fio metálico condutor de sinais eletrônicos, muito usado nos antigos sistemas de telefonia. São caracterizados por uma alta capacidade de resistência por impedir interferências eletromagnéticas.


São divididos em dois tipos: o 10Base2 e o 10Base5. O primeiro é mais fino, flexível e é utilizado em redes ethernet. Já o segundo é mais grosso, menos flexível, e mais pesado comumente usado em redes de mainframes.


Os cabos coaxiais estão associados à topologia de barramento, em que todos os computadores de uma rede são conectados por um único cabo, que funciona como única via de comunicação, ou seja, permite apenas uma comunicação por vez.


Por esses motivos, esses cabos não são mais utilizados em larga escala atualmente, com exceção dos serviços de TV a cabo e algumas poucas operadoras de internet residencial.


2 - Cabo de Par Trançado (UTP)


Os cabos de par trançado, também chamados de cabos UTP, começaram a ser utilizados nos anos 90 como substituição aos coaxiais. Principalmente, por serem mais flexíveis e resistentes. São os mais populares atualmente, podendo atingir 10 gigabits de velocidade.


São feitos de cobre, entrelaçados em forma de trança e revestidos com um plástico isolante para evitar interferências eletromagnéticas. Além disso, podem ser divididos em categorias que especificam as características dos cabos, principalmente com relação à frequência.


São elas:


Categoria 1: era usado em sistemas telefônicos;

Categoria 2: eram usados em redes token ring.

Categoria 3: foram os primeiros desenvolvidos para as redes modernas, com um padrão certificado para sinalização de até 16MHz.

Categoria 4: têm uma qualidade superior aos da categoria anterior, com sinalização de 20 Mhz.

Categoria 5: é a mais utilizada atualmente, pois os cabos podem ser adequados a qualquer placa de rede e suportam frequências de até 100Mhz.

Categoria 6: por sua vez, podem suportar frequências de até 500Mhz, utilizado para comunicações entre equipamentos com placas de rede 10/100/1000 (Gigabit).


Leia também: O que é cabeamento estruturado e quais são suas vantagens?


3 - Fibra óptica


A fibra óptica é o material mais usado para garantir o aumento de capacidade de tráfego de voz, vídeo e dados de alta velocidade, devido ao nível elevado de fiabilidade que garante seu desempenho.


Esses filamentos extremamente finos são capazes de transportar dados, por meio de sinal luminoso, por longas distâncias, com as vantagens da baixa possibilidade de interferência.


A transmissão de dados pode ser feita por dois tipos de fibra óptica: monomodo (SM) ou multimodo (MM).


A principal diferença entre os dois tipos é a direção para a qual o sinal é transmitido. No caso da fibra monomodo, a luz percorre um único caminho pelo núcleo interno para ir de um lado ao outro. Enquanto na fibra multimodo a luz se propaga por vários caminhos.


A fibra monomodo pode ter de 1.310 ou 1.550 nanômetros de comprimento de onda, o que representa maior desempenho do que a fibra multimodo, que tem comprimento de onda de 850 nanômetros.


Veja mais características de cada tipo de fibra:


Monomodo


Alcance: limitado a 4 km para cabeamento estruturado.

A fibra do tipo monomodo permite que a luz trafegue dentro do núcleo por um único caminho, sem reflexão, o que permite o alcance a longas distâncias.

Uma grande vantagem do seu uso é alcançar maior banda passante por ter menor dispersão, oferecendo maior qualidade de sinal e menor interferência nos dados transmitidos.


O custo da fibra monomodo é mais elevado. Um dos motivos é que sua fonte de luz para geração de sinal são os Diodos Laser, que possuem um desempenho superior ao LED, mas com preço mais alto.


Outro ponto que eleva o custo é a dificuldade de manuseio em caso de emendas, que exige muita técnica para alinhar as fibras. Contudo, para distâncias maiores é uma ótima opção pois há mais facilidade de instalação, o que compensa o preço mais elevado.


Indicada para comunicação de longa distância, pois alcança vários quilômetros sem grandes variações de sinal e transmite grande quantidade de dados. Sua aplicação é ideal para projetos de segurança eletrônica, por exemplo, em que a câmera é instalada em locais por vezes distantes da sala de monitoramento.


Multimodo


Alcance: 2 km, no máximo, em cabeamento estruturado.

A fibra multimodo tem limite máximo menor que o da fibra monomodo, além de taxas de transmissão mais baixas.


Como o núcleo é bem maior, quando comparado ao monomodo, a luz tem mais espaço para passar pela fibra, se propagando de modo menos linear, portanto, em diversas direções. Assim, mais de um feixe de luz pode ser enviado ao mesmo tempo.


É importante ressaltar que diâmetros grandes facilitam o acoplamento de fontes luminosas e requerem pouca precisão nos conectores.


Esse tipo de fibra normalmente usa fontes de luz com menor intensidade, como os Diodos Emissores de Luz (LED), que têm custos menores.

O tipo multimodo pode ser classificado ainda a partir do seu índice de refração, que pode ser degrau ou gradual.


Indicada para redes internas, pois o sinal transmitido para curtas distâncias consegue manter a qualidade. Seu funcionamento garante transmitir dados de fontes múltiplas, onde vários dispositivos realizam troca de pacotes simultaneamente, esse tipo de fibra é o mais aplicado em residências, backbone de edifícios comerciais e cabeamento horizontal.

Conhecer qual tipo de cabo será usado em seu projeto é indispensável para garantir a segurança e fluidez de toda a infraestrutura. Conte com o nosso time para planejar e implantar a rede de dados e/ou voz de sua empresa, fale conosco.

139 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo